Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/05/05 às 14h23 - Atualizado em 29/10/18 às 12h06

CADASTRO ÚNICO – Coleta de informações vai diagnosticar perfil das famílias que participam de programas sociais do GDF

(02/05/2005 – 11:23)

catadoresdelixo11Brasília, 30/04/2005 (Secretaria de Comunicação Social – Agência Brasília de Notícias) – O Cadastro Único coordenado pela Agência de Desenvolvimento Social (ADS) tem o objetivo de traçar o perfil e diagnosticar a situação de cada família que participa do programas sociais executados pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Seguindo essa proposta, a ADS cadastrou, em março e abril, mais de dois mil profissionais liberais que utilizam os lixões da cidade como meio de sobrevivência.  

“Além de diagnosticar e mapear o perfil social de cada família, o governo fica sabendo quem realmente precisa dos programas de benefício social”, afirma a secretaria da Agência de Desenvolvimento Social, Joselina Dias. Ela ressalta que os beneficiários podem estar participando de dois programas quando um deles for o pão e leite. Segundo Joselina, o cadastro único também contribui para a capacitação dos trabalhadores, pois eles têm a oportunidade de participar das oficinas profissionalizantes coordenadas pela Secretaria de Solidariedade.  

Durante o recolhimento de dados das famílias a ADS contou com o apoio da Secretaria de Gestão Administrativa, com o programa Na Hora fornecendo documentos; a Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central (CODEPLAN) com o suporte técnico e o Corpo de Bombeiros no preenchimento das fichas de cadastro. As ações estenderam-se para outras regiões administrativas com pontos de recolhimento como Taguatinga, Planaltina, Gama e Ceilândia. Quem não compareceu aos locais visitados pela equipe da ADS e não fez o cadastro pode ir às cooperativas dos catadores de lixo de cada região administrativa para ser encaminhado à ADS. No Distrito Federal as cooperativas dos catadores de lixo estão em quase todas as regiões administrativas.  

Para Manoel Simão Viana, morador da Vila Estrutural e presidente da Ambiente – uma das cooperativas de catadores da região – o cadastro foi uma reivindicação da categoria. “Agora temos a certeza de que alguém estará olhando por nós”, afirma.  

Mais informações na Agência de Desenvolvimento Social: 448-1565

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br