Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/06/16 às 19h54 - Atualizado em 29/10/18 às 12h02

Codeplan divulga perfil socioeconômico da RA Jardim Botânico

Apesar da alta escolaridade e boa renda da Região Administrativa do Jardim Botânico, a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD), divulgada nesta terça-feira (31) pela Codeplan, também apontou carência de equipamentos públicos e queda da renda domiciliar.

Com uma população estimada de 27.364 habitantes, a renda domiciliar registrou queda significativa em relação à pesquisa anterior, em 2013, passando de R$16.408,00 para R$ 12.457,00.

Para o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas, Bruno de Oliveira Cruz, o fato das áreas de baixa renda estarem crescendo pode ser um dos motivos para a queda do rendimento e o aumento da desigualdade. Para o presidente da Codeplan, Lucio Rennó, “não se pode deixar de lado a crise econômica que estamos vivendo. A população vem perdendo a capacidade de compra, e isso também contribui para o fato“, completou ele.

Apesar da quase totalidade dos domicílios contar com energia elétrica, 84% das ruas serem asfaltadas e a iluminação pública estar presente em 96% da RA, os moradores ressentem de hospitais, escolas e postos de segurança públicos. De acordo com a PDAD, somente 4,81% da população percebe o policiamento regular, um dos índices mais baixos entre as RAs já divulgadas. “O dado salta aos olhos por ser muito inferior às demais regiões administrativas com a mesma faixa de renda”, destacou Lucio Rennó. Planaltina e Ceilândia registraram, respectivamente, 34,10% e 52,67% de percepção.

Para o gerente de Estudos Urbanos da Codeplan, Sérgio Jatobá, “a carência de certos equipamentos públicos se deve à ocupação irregular ocorrida na região. Com isso, não foram destinadas áreas específicas para a implantação desses equipamentos. É uma dificuldade mas, no processo de regularização, acaba sendo superada”, destacou ele.

Quanto às atividades econômicas, predomina a administração pública (direta e indireta), 38,82%, seguida pelo comércio, 19,79%, e serviços pessoais, 7,03%. A escolaridade da população do Jardim Botânico concentra-se no ensino superior completo, incluindo especialização, mestrado e doutorado, 47,68%, e os que têm nível fundamental incompleto somam 15,80%, sendo que estes tendem a trabalhar na própria RA.

Ao fim da divulgação, a representante da Administração Regional do Jardim Botânico, Maria Alessandra, disse que os dados apresentados dão um panorama da real realidade da população. “Agora, basta propor políticas públicas pontuais, atentando para a atual realidade dos moradores”, que também parabenizou o trabalho da Codeplan.

Veja a pesquisa aqui.

Texto: Nilva Rios, com Ana Carolina Alves
Foto: Toninho Leite

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br