Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/11/13 às 17h26 - Atualizado em 29/10/18 às 11h59

Codeplan recupera imagem e se firma como empresa estratégica no DF

Nos últimos três anos, mais de 100 pesquisas e estudos foram divulgados pela companhia nos setores econômico, demográfico e social

BRASÍLIA (4/10/13) – Desde 2011, a Codeplan tem recuperado sua imagem como uma empresa voltada a pesquisas estratégicas, e, diferentemente da gestão anterior – quando a produção ficou inviabilizada -, agora são divulgados diariamente estudos e levantamentos inéditos sobre a situação do DF.

 

Análise de vulnerabilidades da juventude negra no Distrito Federal, e As mulheres do DF e o mercado de trabalho são dois exemplos, voltados às políticas sociais, que nunca tinham sido elaborados pela empresa. Nos últimos três anos, mais de 100 pesquisas e estudos foram divulgados pelo órgão.
 

“Em três anos de trabalho, a principal conquista foi a recuperação da nossa imagem, que derivou da recuperação técnica. As duas estão associadas, pois foi com nosso trabalho que conseguimos tirá-la da situação que estava para a atual”, apontou o presidente da Companhia de Planejamento, Júlio Miragaya, em entrevista à Agência Brasília.
 

Além de realizar estudos de âmbito social, que não era tradição antes de 2011, a empresa começou a desenvolver levantamentos na área de urbanização e meio ambiente. Também passou a atender pedidos de órgãos da imprensa e a fazer parcerias com o governo federal.
 

“Tudo isso deu uma resposta mais rápida e ajudou muito, porque fomos além do que a Codeplan fazia antes, o que pesou para ajudar na ampla repercussão da companhia”, destacou Miragaya.
 

Apenas neste ano, até o mês de agosto, a empresa lançou 33 estudos e pesquisas diferentes, focados em vertentes sociais, econômicas e demográficas. Confira aqui o balanço dessas atividades.
 

REINÍCIO – A gestão anterior, que durou pouco mais de dois anos, é classificada por Miragaya como “uma operação arrasa-quarteirão”, devido à falta de produção e disseminação de informações pela empresa.
 

“Foi um período trágico. Não era uma gestão incompetente, mas mal intencionada. Pesquisas importantes como a PED [Pesquisa de Emprego e Desemprego] e o Índice de Custo deixaram de ser feitas, assim como a da cesta básica”, lembrou.
 

Para sair dessa condição, foi necessário reiniciar os principais levantamentos da Codeplan, estudar parcerias com outros órgãos para conseguir o aporte tecnológico e incentivar o trabalho dos servidores, na época desmotivados devido ao período conturbado.
 

Estudos da companhia começaram a ser apresentados em conferências de outros estados, e oficinas, workshops e treinamento eram oferecidos aos funcionários da empresa.
 

PRÓXIMO PASSO – Depois de recuperar a imagem da companhia e expandir seu campo de atuação, o próximo passo para o presidente da Codeplan será atender as demandas do DF, como a influência da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride) sobre Brasília.
 

“Temos realizado vários estudos na Ride, inclusive nos distritos próximos, para suprir o governo com todas as informações que podem ser úteis para resolver algumas questões dessa região geoeconômica”, comentou o presidente.
 

A descentralização de empregos no Plano Piloto para outras regiões administrativas do Distrito Federal e o desenvolvimento de mais oportunidades de emprego fora do setor de Serviços também serão temas abordados em futuras pesquisas.

Saiba mais sobre as últimas pesquisas da Codeplan:

Inflação acumulada neste trimestre fica abaixo da anterior

População do DF deve chegar a 3,4 milhões em 2030

Diminui a desigualdade de renda no DF

Distrito Federal erradica trabalho entre crianças de até 10 anos

(L.C/J.S) – Agência Brasília/GDF

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br