Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/03/18 às 16h41 - Atualizado em 29/10/18 às 12h13

Economia do povo

Júlio Miragaya – Presidente da Codeplan e Conselheiro do Conselho Federal de Economia

 

O Jornal de Brasília publicou, domingo último, a matéria “Sinais de prosperidade”, a qual comenta pesquisa inédita feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre o padrão de vida do brasileiro. Segundo a pesquisa, 63% da população brasileira acha mais fácil avançar socialmente do que há dez anos, sendo que este percentual na Região Nordeste alcança 73%.

O grau de satisfação dos brasileiros é também evidenciado ao se apurar que 77% dos entrevistados consideram seu padrão de vida melhor ou muito melhor que o de seus pais e que 84% projetam que os filhos terão uma condição de vida melhor ou muito melhor.

Para os agourentos de plantão e para os jornalistas que só ouvem os “economistas do mercado”, aqueles que só veem problemas no horizonte econômico, recomenda-se ler a pesquisa – expressão, em última instância – do que o povo pensa do momento econômico.

Recomenda-se ler também o artigo “A economia do povo”, do insuspeito economista Armando Castelar Pinheiro, professor da FGV/RJ e UFRJ, publicado no Valor Econômico em 6/12, em que diz que “os analistas econômicos defendem um forte ajuste econômico, mas não é isso que o povo vê. A ‘economia do povo’ é regida pela sensação de bem-estar do cidadão, de seu padrão de consumo, do nível de emprego, do rendimento real, do acesso ao crédito”, todos indicadores que vão bem. Não poderia ter sido mais direto.

Os “analistas do mercado” e os “jornalistas amestrados” falam em explosão da inflação (sic), como pretexto para clamar pelo aumento da taxa de juros, beneficiando banqueiros e investidores, contra os interesses da nação e do povo; vociferam contra os aumentos reais do salário mínimo e acham que gastar 1,5% do orçamento público para beneficiar 40 milhões de pessoas com o Bolsa Família é jogar dinheiro fora. Para esses senhores, nada melhor que a resposta do povo.

 

Jornal de Brasília – 12 de dezembro de 2013

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br