Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/03/18 às 15h45 - Atualizado em 29/10/18 às 12h13

FMI, Bolívia e Gaza

Júlio Miragaya
Presidente da Codeplan e Conselheiro do Conselho Federal de Economia

O que têm em comum o FMI, a Bolívia e Gaza? A política imperialista, evidentemente. O Fundo Monetário Internacional, controlado pelos EUA e pela União Europeia, vem, em coro com os especuladores do mercado financeiro, dirigindo críticas a cinco países emergentes que denominaram de “cinco economias frágeis”: Brasil, Índia, Indonésia, Turquia e África do Sul, os quais, na verdade, são criticados por não seguir a cartilha neoliberal do FMI.

Pois bem, nesta semana o banco suíço UBS divulgou a relação das bolsas de valores das 20 maiores economias emergentes, cujas empresas listadas apresentaram maior valorização até 31 de julho, e os “cinco frágeis” estão entre as nove de melhor desempenho. No Brasil, a valorização das empresas foi de 12,7%, enquanto no México, “queridinho do mercado”, foi 0,8%.

Também a Cepal divulgou a previsão de crescimento do PIB dos países latino-americanos em 2014. O maior crescimento será o da Bolívia (5,5%), que já crescera 6,8% em 2013. Mas tal informação não circula porque o imperialismo norte- americano e a grande mídia não gostam do governo nacionalista, popular e anti-neoliberal do índio Evo Morales. O que importa, contudo, é que o povo boliviano gosta. Evo tem, segundo o Instituto Tal Cual Comunicación, a aprovação de 79,7% dos bolivianos e, segundo o Instituto Ipsos, 59% das intenções de voto para as eleições de 12 de outubro, contra 18% de seu oponente o empresário Doria Medina.

Em Gaza, o imperialismo faz o de sempre: sustenta política e militarmente a opressão perpetrada por Israel contra o povo palestino, que já resultou em quase 2 mil mortos – 70% civis. Evidentemente que não há solução militar para a crise no Oriente Médio, mas manter e ampliar a instabilidade na região, incluindo Iraque, Síria, Egito e Líbia, é crucial para os interesses do complexo industrial- militar norte-americano que movimenta US$ 2 trilhões/ano.

 

Jornal de Brasília, 07/08/2014

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br