Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/03/18 às 17h43 - Atualizado em 29/10/18 às 12h14

Os EUA e a Crimeia

Júlio Miragaya
Presidente da Codeplan e conselheiro do Conselho Federal de Economia

 

As notícias de maior destaque no noticiário internacional – jornais e redes de TV – vêm da Ucrânia, mais especificamente da Criméia, sua República Autônoma. No último domingo, em plebiscito com a participação maciça de 83% dos eleitores, nada menos que 95% votaram pelo retorno da Crimeia à Federação Russa, à qual pertenceu entre 1777 e 1954 com sua “doação” à Ucrânia por Kruschov, e da qual está separada por apenas 10 km pelo estreito de Kerch. Com a proclamação do resultado, os EUA e a União Europeia declararam não reconhecer tal ato e ameaçaram com sanções econômicas e militares. Qual a real situação?
A Ucrânia é uma antiga república da ex-União Soviética e mantém uma longa relação com a Rússia. Ambas utilizam o alfabeto cirílico, têm idiomas semelhantes e a mesma religião (ortodoxa). Russos e Ucranianos lutaram juntos contra a invasão mongol no século XIII; contra os turcos otomanos nos séculos XV a XVIII e contra os alemães durante a agressão nazista. Nas dez regiões do leste e sul da Ucrânia, com 22,2 milhões de habitantes (47% da população ucraniana), a população de etnia russa supera 30% do total e cerca de 50% falam o idioma.
O que há, de fato, é mais uma provocação do imperialismo norte-americano que, financiando organizações ucranianas fascistas, patrocinou um verdadeiro golpe de Estado em Kiev e busca atrair a Ucrânia para a OTAN nas “barbas” de Moscou. Intentam submeter a Rússia, assim como tentam fazê-lo com a China, para imperar sem rivais no planeta.
É o mesmo imperialismo que, em nome da “ liberdade ”, patrocinou golpes militares e apoiou as ditaduras sanguinárias de Pinochet no Chile, de  Videla  na Argentina e aqui no Brasil, deixando duras cicatrizes em nosso país. O Brasil deve, defendendo a autodeterminação dos povos, repudiar mais essa provocação dos falcões norte-americanos.

 

Jornal de Brasília,20.03.2014

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br