Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/02/06 às 21h10 - Atualizado em 29/10/18 às 11h50

Parcerias da Codeplan integram órgãos do GDF, dão voz e vez ao cidadão e preparam jovens para o mercado de trabalho.

(21/02/2006 – 18:10)

seaci1

Brasília, 20/02/2006 (Secretaria de Comunicação Social — Agência Brasília de Notícias) – A Companhia do Desenvolvimento do Planalto Central (Codeplan) realiza verdadeira revolução silenciosa por meio das parcerias que celebra com secretarias e órgãos do Governo do Distrito Federal, com vistas a melhorar as condições de vida das pessoas. Integra secretarias e órgãos do governo, dá voz ao cidadão, e treina pessoal em informática para inseri-lo no mercado de trabalho, entre outras ações voltadas para a tecnologia de ponta.

Exemplo disso são a integração das 620 escolas da rede pública de ensino, junto com a Secretaria de Educação; a Central Única de Atendimento Telefônico, ligado à Ouvidoria para escutar o cidadão; e os Centros Integrados de Tecnologia da Informação (Citi), apoiado pela Secretaria de Coordenação das Administrações Regionais (Sucar).
 
EDUCAÇÃO — Mais de 620 escolas da rede pública de ensino estão interligadas pela Internet. Elas atuam por meio da gestão integrada, com a participação de diretores, orientadores, professores e dos próprios alunos. As ferramentas de gestão foram concebidas pela Codeplan e instaladas por meio de convênio assinado com a Secretaria de Educação.
Hoje, o sistema atende diretamente a 122 laboratórios escolares e 40 mil alunos da educação básica (ensino fundamental e médio), que conta com 450 mil estudantes matriculados. Outros 80 serão inaugurados ainda este ano, sendo 20 na área rural. Cada laboratório possui entre dez e 15 computadores.
 
A Solução Integrada de Gestão Educacional (Sige), desenvolvida pela Codeplan, é estruturada sobre três bases: uniformidade de linguagem; transparência na informação, que evita fraudes e distorções na rede; e o uso da comunicação de dados como instrumento na busca de qualidade.
Em 2001, a Secretaria de Educação encaminhou à Codeplan a proposta de apoiar a democratização do ensino, promovendo acesso às informações de forma ampla para alunos, professores e diretores da rede de ensino fundamental e médio, que antes, não era universal.
Nascia a Sige. Com ela, cada escola pode ter um site próprio, o que amplia as perspectivas pedagógicas, uma vez que promove um ambiente de discussão entre professores, pais e alunos.
Outra ferramenta, o Business Object, permite acesso a uma série de dados, aumentando a segurança no controle sobre o contingente de alunos e suas necessidades. O sistema reduziu, por exemplo, em mais de 40% as fraudes nas vendas de passe estudantil.
 
CIDADANIA – Por meio do número 156, a Central Única de Atendimento Telefônico é o sistema pelo qual a Ouvidoria do GDF dá voz e vez ao cidadão. Em 21 anos de existência, a central acolheu cerca de 38 milhões de ligações. Segundo o ouvidor da Codeplan, Francisco Ferola Gonsalez, o objetivo é dispor de um canal eficiente entre o governo e o cidadão. De acordo com a Codeplan, empresa responsável pela tecnologia da operação, o meio mais utilizado pelas pessoas para apresentar sugestões, fazer reclamações e buscar informações é o telefone, com 90%. As solicitações, denúncias e pedidos de serviços são acolhidos por fax, Internet e pessoalmente.
 
A redução das filas nos órgãos públicos do DF; a atuação do Telematrícula e o Programa de Ensino de Jovens e Adultos são exemplos da atuação do 156 na vida das pessoas. No ano passado, estes serviços registraram 218 mil ligações e 134 mil inscrições.
A central atende a vários órgãos e programas do GDF, entre eles as Secretarias de Fazenda, de Solidariedade e de Transportes. O sistema recebe em média 15 mil ligações telefônicas por dias.
A Central conta ainda com uma unidade móvel para atender a população carente das cidades. A carreta adaptada é equipada com tecnologia de ponta. No ano passado, a unidade atendeu a 15,2 mil pessoas. E desde sua criação, em 2002, já encaminhou as demandas de mais de 45,5 mil moradores das áreas carentes do DF.
 
INCLUSÃO – Menina dos olhos do presidente da Codeplan, Durval Barbosa, os Centros Integrados de Tecnologia da Informação (Citi) já estão instalados em dez cidades do DF e formaram cerca de 54 mil alunos, desde sua criação, há quatro anos. Somente no ano passado preparou 18,4 mil estudantes para o mercado de trabalho.
Está prevista para este ano a instalação de Citi no presídio feminino, no Gama; no Complexo Penitenciário da Papuda; nas localidades de Casa Grande, no Gama; Riacho Fundo I e Vila Planalto.
 
Parceria importante foi firmada com a Promotoria de Defesa da Infância e da Juventude. As unidades vão atender aos adolescentes internados nas Unidades de Semiliberdade em Taguatinga, Gama e Ceilândia, dando-lhes a oportunidade de inclusão digital e social ao mesmo tempo.

Jairo Viana – Agência Brasília de Notícias

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br