Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/08/13 às 21h17 - Atualizado em 29/10/18 às 11h50

PDAD apura aumento real de 34% na renda dos moradores do Paranoá entre 2011 e 2013

Região Administrativa se consolida na prestação de serviços a seus moradores

A Codeplan divulgou há pouco a Pesquisa Domiciliar por Amostra de Domicílios, referente a 2013, para a Região Administrativa do Paranoá, que aponta forte aumento na renda real da população. A renda média mensal per capita, de R$ 737,50, representa aumento real de 34,20% em relação a de 2011 e a renda domiciliar média mensal, de R$ 2.633,67, teve aumento real de 19,34% no mesmo período.

Apesar da elevação, a região permanece classificada como de baixa renda, sendo o Paranoá a RA de quarta menor renda entre as 11 regiões que já tiveram seus resultados divulgados pela Codeplan em 2013.

A cidade também apresenta um alto grau de autossuficiência em relação aos serviços. O comércio local consegue atender às necessidades de compra da maioria da população. No quesito compras de alimentos, 90,71% se abastecem na própria região, atendimento que nos demais grupos varia de 81% a 94%.

“É uma cidade de relativa autonomia em relação ao Plano Piloto: 96% dos tratamentos de saúde são feitos no hospital do Paranoá, quase 80% dos estudantes estão matriculados em escolas do Paranoá, entre 80% e 94% das compras são feitas na região. A cidade se consolida”, afirmou o presidente da Codeplan, Júlio Miragaya.

De outro lado, permanece baixo o percentual de moradores que trabalham na própria RA (30,0%), sendo que a maioria trabalha no Plano Piloto (36,19%) e um percentual expressivo no Lago Sul (10,83%).

O contingente ocupado cresceu 20,00%, sendo que aumentou em 20,77% o total de ocupados com carteira assinada, passando a representar 57,06% do total ocupado, assim como cresceu em 38,53% o contingente de autônomos, que passou a 26,42% do total. Já o número de assalariados sem carteira assinada caiu em 14,50%, correspondendo a apenas 9,11% do total. Quanto ao setor de atividade, predominam os ocupados no comércio (31,18%); serviços gerais (17,44%) e serviços domésticos (11,10%).

Em relação à escolaridade, aumentou de 7,02% para 8,71% o percentual de pessoas que possuem o nível superior ou o estão cursando, mas o percentual de analfabetos manteve-se alto (5,63%). Destaque para o aumento de 71 para 1.270 no número de pessoas em cursos de alfabetização de adultos.

Por fim, o Paranoá está com quase a totalidade dos domicílios urbanos cobertos pela rede de abastecimento de água, de esgoto, coleta pública de lixo e de fornecimento de energia elétrica.

Confira a íntegra da pesquisa aqui.

Ascom

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br