Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/10/13 às 17h29 - Atualizado em 29/10/18 às 11h48

Proximidade do Plano Piloto torna aluguel no Núcleo Bandeirante um negócio atrativo

O Núcleo Bandeirante, 15ª região do DF a ter a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD) de 2013 divulgada pela Codeplan, tem um dos mais altos índices de imóveis alugados entre as demais – 42,8% do total de domicílios. Criada em 1956 para atender as necessidades de comércio durante a construção de Brasília, a cidade se consolidou e hoje desperta interesse imobiliário pela proximidade com o Plano Piloto – 13 km de distância – e a boa infraestrutura. Muitos compram móveis na localidade para alugar, reconheceu o administrador, Elias Dias.

O presidente da Codeplan, Júlio Miragaya, destacou a elevada escolaridade dos habitantes, quase 20% com curso superior completo, incluindo os que têm especialização, mestrado e outros – “uma das condições mais favoráveis do DF”. E destacou ainda como pontos positivos “a vitalidade do comércio e dos serviços”.

O maior problema do Núcleo Bandeirante, segundo Júlio Miragaya, é o do transporte público, tendo em vista que passam pela cidade moradores de outras regiões, que representam contingente de mais de meio milhão de pessoas. “Mas isso tende a ser resolvido com a implantação dos BRTS – Bus Rapid Transit System, como o Oeste”, que ligará Ceilândia e Taguatinga ao Plano Piloto.

Dias observou que a pesquisa é um instrumento importante para a administração da cidade e adiantou que está sendo criado um pólo gastronômico para aproveitar a vocação da culinária no Núcleo Bandeirante, “tão representativa quanto o seu comércio”.

A economista da Codeplan, Iraci Peixoto, chamou a atenção para a importância da leitura entre os moradores – mais de 12% leem 12 livros ou mais por ano. E o administrador lembrou a recente reforma da biblioteca pública, a segunda mais importante do DF, que tem área especial para idosos, além de estarem em construção quiosques para estudos ao ar livre e um centro de memória da cidade.

Nessa região, com renda média domiciliar de R$ 4.777,05, observa-se entre a população a prevalência dos solteiros, 46,18%. Do total de habitantes, somente 16,29% têm até 14 anos de idade. No grupo de 15 a 59 anos, que concentra a força de trabalho, encontram-se 68,72% do total.

Veja a íntegra da pesquisa aqui

Texto: Regina Pires

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br