Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/07/18 às 19h11 - Atualizado em 1/11/18 às 20h53

Codeplan apresenta dados do perfil Socioeconômico da Cidade Ocidental

Cerca de 33% dos trabalhadores estão no comércio, seguidos pela construção civil que soma 10% e pela administração pública, com oito por cento. Foi o que revelou a Pesquisa Metropolitana por Amostra de Domicílios (PMAD), divulgada, nesta quinta-feira (5), na Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).

 

Ao apresentar os dados da pesquisa, Sérgio Ulisses Silva Jatobá, gerente de Estudos Urbanos, destacou a forte concentração de trabalhadores (65,18%) nas faixas etárias de 15 a 59 anos, sendo que mais de 60% dos habitantes da Cidade Ocidental têm até 39 anos, com a maioria do sexo feminino. Do total da população urbana, 40 % são naturais do Distrito Federal.

 

“Apesar de a cidade apresentar alto percentual de adultos (27,94%) que não concluiu o ensino fundamental, 7,12% têm o ensino superior, 0,50%, especialização, 0,14%, diploma de mestrado e 0,07%, doutorado”, afirmou Jatobá.

Ele acrescentou que, do total de 18.058 estudantes da Cidade Ocidental, a maioria (78,40%) estuda no próprio município. Dos 2.786 alunos que estudam em Brasília, 1.639 estudantes estão na rede de ensino do Plano Piloto -, seguido por 376, no Gama, 328 em São Sebastião e 104 em Brazlândia.

 

O acesso aos serviços públicos de saúde alcança 93,43% da população devido ao baixo rendimento médio das famílias da cidade aliado à elevada taxa de informalidade no mercado de trabalho. Apenas 6,57% dos residentes não utilizam este tipo de atendimento.

 

Do total de usuários residentes na Cidade Ocidental que utilizam hospitais públicos/UPA, 69,83% o fazem no próprio município e 27,39%, em Brasília, com predominância no Plano Piloto (17,99%).

 

A maior parte da população de Cidade Ocidental (68,43%) não sofreu nenhum tipo de violência nos últimos 12 meses anteriores à pesquisa, entretanto, com exceção dos menores de 16 anos, 6,79% sofreram algum tipo de violência. Destas, a maioria (82,54%), declarou ter sido vítima de roubos ou furtos, sendo 11,62% roubos a residências e 27,73%, roubos de vários tipos de bens.

 

Ao comentar a formação da Cidade Ocidental, Aldo Paviani, diretor de Estudos Urbanos e Ambientais da Codeplan, salientou que a região vem se desenvolvendo rapidamente. “A pirâmide etária mostra que atualmente a população idosa (10%) vem crescendo e que daqui a alguns anos, provavelmente, esse fato se refletirá no aumento da demanda por equipamentos públicos de saúde”.

 

“É muito gratificante ver os dados representados na pesquisa. Infelizmente, a sociedade padece com a pouca oferta de emprego, mas melhoramos em alguns aspectos, pois aumentamos o número de salas de aula, hoje temos a guarda municipal, o que fez cair o índice de criminalidade”, destacou Ledir Júnior, secretário de Indústria e Comércio.

 

Reportagem: Eliane Menezes, da Codeplan
Edição: Ana Paula Cortes, da Codeplan
Fotos: Toninho leite, da Codeplan

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br