Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/03/16 às 19h01 - Atualizado em 29/10/18 às 12h02

Codeplan divulga PDAD da Candangolândia

48% dos moradores da Candangolândia atuam no comércio ou no setor de serviços


Pdad 2015 aponta índice idêntico para a parcela da população local oriunda de outras regiões brasileiras, a maioria do Nordeste

Perfil de candangolandia AgenciaBrasilia

Os moradores da Candangolândia com alguma ocupação desempenham atividades principalmente no comércio (28%) e no setor de serviços (20%). É o que revela a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), divulgada pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) nesta terça-feira (15). O estudo foi feito em outubro de 2015 em 500 residências.

A região tem atualmente 16.848 habitantes (número estimado), praticamente igual à pesquisa anterior, de 2013 — 16.886. Do total, 51% encontram-se na faixa etária de 25 a 59 anos. Crianças de até 14 anos somam 15%, e os idosos representam 18%.

De acordo com a gerente de Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan, Iraci Peixoto, o perfil habitacional da localidade tem se mantido estável ao longo dos anos. “A maior parte da população (58,8%) mora na Candangolândia há mais de 15 anos. O número fica claro na pesquisa quando analisamos a quantidade significativa de idosos, superior ao número de crianças com até 14 anos”, explica.

A Pdad contabilizou também 5.171 domicílios urbanos na região, com predominância de casas. Segundo a Codeplan, mais de 98% das casas têm infraestrutura de ruas asfaltadas, meios-fios e iluminação pública, além de atendimento de limpeza urbana. Já o abastecimento de água e energia elétrica é realidade em todos domicílios. Na Candangolândia, 64,60% dos domicílios são próprios.

No quesito renda domiciliar mensal, a localidade foi avaliada como de renda média baixa — R$ 4.549,13 (5,77 salários-mínimos). A renda per capita por mês é de R$ 1.460,98, o equivalente a 1,85 salário-mínimo. De acordo com a Pdad 2015, observa-se também o aumento da posse de bens e serviços como TV por assinatura, automóveis e itens de casa — móveis e eletrodomésticos.

Imigração e Escolaridade
Área que concentrou grande parte dos trabalhadores que vieram para a construção da nova capital, a Candangolândia tem 48% da população oriunda de outras regiões brasileiras. Desses imigrantes, 56% são naturais do Nordeste; 23,82%, do Sudeste; e 14,31%, do Centro-Oeste (exceto DF).

Quanto ao nível de estudo, 15,29% dos habitantes têm ensino superior completo. Quando incluídos diplomas de especialização, mestrado ou doutorado, o número é de 15,90% — 5,02 pontos porcentuais acima da Pdad 2013, com 10,88%. A maior parte da população concluiu o ensino médio (28,12%). Já os que não terminaram o ensino fundamental somam 27,49%.

O levantamento registrou ainda 1,60% de analfabetos. Nenhuma criança entre 6 e 14 anos está fora da escola. “A maior parte dos que não procuram novas oportunidades de estudo está acima dos 25 anos. A maioria, porém, possui algum tipo de ocupação”, afirma Iraci.

Também participaram da apresentação o administrador regional da Candangolândia, Cleudimar Sardinha, e o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan, Bruno de Oliveira Cruz.

História
A Candangolândia recebeu pioneiros de Brasília. O primeiro acampamento foi construído em 1956 pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e abrigava a sede da empresa, residências de funcionários, postos de saúde e policial, um hospital, dois restaurantes e uma escola.

Tornou-se, assim como a região do Núcleo Bandeirante, a alternativa de moradia para os que chegavam de outros locais com a intenção de trabalhar na construção da cidade. Hoje, grande parte da região é ocupada pela Fundação Jardim Zoológico de Brasília, inaugurada em 1957.

O nome Candangolândia é uma homenagem aos chamados candangos — termo de origem africana que significa trabalhador braçal. Em 27 de janeiro de 1994, por meio da Lei nº 658, foi criada a 19ª região administrativa do DF.

Acesse a íntegra da pesquisa.

 

Reportagem: Rafael Alves, da Agência Brasília
Imagem: Agência Brasília

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br