Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/11/19 às 10h40 - Atualizado em 18/11/19 às 16h42

PIB do DF cresce 0,3% em 2017

Com um valor corrente acumulado em R$ 244,683 bilhões, o DF ficou na oitava posição entre as maiores economias estaduais

 

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), em parceria com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou os dados sobre o Produto Interno Bruto do DF (PIB-DF) em 2017. Em relação ao ano anterior, registrou-se uma variação positiva de 0,3%. Este cenário positivo, após dois anos de recessão no Brasil e nos Estados, indica o início do processo de recuperação da economia, ainda que lenta.

 

O número do Distrito Federal ficou abaixo do registrado pelo Brasil (1,3%), no mesmo período, porque as características do perfil produtivo nacional e local possuem diferenças bem definidas. No DF o setor de Serviços, que possui grande influência da atividade pública, foi o maior responsável pelo aumento do PIB-DF, pois registrou crescimento de 0,7%. Além dos Serviços, as atividades que apresentaram elevação de destaque no volume foram do setor agropecuário: Agropecuária (20,3%), Pecuária (2,8%) e Produção florestal, pesca e aquicultura (52,1%). Note-se contudo, que a diminuta participação relativa desse setor diminui o impacto de grandes variações sobre o resultado total.

 

A observação do quadro nacional em 2017 explica parte desse resultado, tanto nacional, como local. A desaceleração da inflação e da taxa de juros básica, a “supersafra 2017/2018”, bem como a liberação dos fundos das contas inativas do FGTS e do PIS/Pasep, beneficiaram a atividade econômica do Distrito Federal e, consequentemente, o aumento do PIB.

 

 

 

Em 2015, com a crise, o DF registrou a primeira variação negativa do PIB desde 1985, de 1%. Já no ano seguinte, com uma variação nula (0%), a economia brasiliense se manteve estável. Segundo Sandra Regina Andrade Silva, chefe do Núcleo de Contas Regionais (NUCON) da Codeplan, “a perspectiva para o ano de 2020 é que o PIB cresça mais um pouco, vislumbrando uma recuperação, embora seja em um ritmo lento”.

 

 

** Por Mariana Albernaz, estagiária sob supervisão de Francisco Pimenta

 

 

CODEPLAN - Governo de Brasília

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br