Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/01/16 às 18h26 - Atualizado em 29/10/18 às 11h50

PDAD aponta crescimento na renda dos moradores da Ceilândia

Trabalhadores com carteira assinada somam 60,09% na RA, aponta pesquisa feita pela Codeplan, no período de maio a setembro do ano passado, em 2.100 domicílios

A renda domiciliar média dos moradores da Ceilândia cresceu 3,90 Salários Mínimos em 2015 na comparação a 2011 e 2013, apesar de ser considerada baixa, segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios – PDAD, divulgada nesta terça-feira, 19, pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).

A Ceilândia, que foi criada em 1971, ocupa uma área de 29,10 quilômetros quadrados. Os que estão há mais de 15 anos na região somam 64% dos moradores. Hoje, a população urbana estimada da RA Ceilândia é de 489.351, e a média de moradores por domicílio urbano, de 3,44 pessoas, com 37,33% dos moradores trabalhando na própria Região, o significa que 54 mil pessoas não precisam se deslocar até outra região para o trabalho. Do total de habitantes, 46% estão na faixa etária de 25 a 59 anos. As crianças, na faixa de zero a 14 anos representam 21% e os idosos, 17%. No Pôr do Sol e Sol Nascente, as crianças são 28% e os idosos, 7%.

O diretor de Estudos Urbanos e Ambientais, Aldo Paviani, que abriu a apresentação da PDAD, disse que a verticalização dos prédios na Ceilândia é uma tendência. “Dados de 2013 mostram que o número de apartamentos perfaz 26%, e que a cidade é bem servida de equipamentos urbanos quando se olha a chamada Ceilândia tradicional.

Paviani acrescentou ainda que houve desdobramentos de campos universitários, o que facilitou o acesso da população a cursos superiores, especialmente os cursos voltados à área da saúde, apesar de mais da metade do contingente populacional ter somente o fundamental completo e o médio incompleto.

No que diz respeito à ocupação remunerada, o setor que mais se destacou na cidade foi o Comércio, 32,60%, seguido por Serviços Gerais, 21,69%. De acordo com a pesquisa, 60,09% dos trabalhadores têm carteira assinada, e 44,94% da população exerce alguma atividade remunerada, no entanto, “o percentual de pessoas sem carteira assinada não aumentou tanto, e esse é um dado positivo”, afirmou o diretor de Pesquisas Socioeconômicas, Bruno de Oliveira Cruz.

Infraestrutura

Na chamada Ceilândia tradicional, o abastecimento de água, energia elétrica e coleta de lixo estão próximos do total, com o esgotamento sanitário alcançando 81% dos domicílios. “No entanto, no Pôr do Sol e Sol Nascente, apurou-se que 56% de domicílios da região têm fossa séptica e 39%, fossa rudimentar”, disse Bruno.

A coleta de lixo no Pôr do Sol e Sol Nascente é realizada em 26% dos domicílios, 28% jogam em lugar impróprio e 47% dão outro destino, “o que precisa melhorar, e o governo vem envidando esforços por meio de ações e políticas públicas”, enfatizou Bruno.

Dado que chama atenção na pesquisa é com relação à percepção dos moradores tanto da Ceilândia tradicional quanto dos moradores do Pôr do Sol/Sol que dizem que há sempre presença do policiamento.

“A pesquisa é de suma importância para o desenvolvimento da Região Administrativa. Com base nesses dados, poderemos fazer um planejamento. Saber quem nós somos, quantos somos, qual o grau de instrução. Trabalhando, juntos, em parceria, vamos dar uma qualidade de vida melhor à população”, afirmou o administrador da Ceilândia, Vilson José de Oliveira, presente na divulgação da PDAD.

“Rigor com relação à ocupação das áreas. Temos que estar atentos às construções desordenadas em áreas de preservação ambiental”, completou o administrador da Ceilândia.

O diretor de Pesquisas Socioeconômicas finalizou a apresentação dizendo que a ideia é debater as questões nas RAs, e que o papel da Codeplan é levantar os dados que mostram onde será preciso atuar mais.

Acesse a íntegra da pesquisa e o resumo.

Reportagem: Eliane Menezes
Fotos: Toninho Leite

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br