Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/01/15 às 19h13 - Atualizado em 29/10/18 às 11h45

Unidades de Planejamento Territorial

A Codeplan apresentou, no dia 08, estudo com dados sobre população, renda e ocupação nas sete Unidades de Planejamento Territorial. O Governo do Distrito Federal, empossado no dia 1º, com base no PDOT, aplicou a divisão do território do Distrito Federal Unidades de Planejamento Territorial (UPT) para a gestão provisória das Regiões Administrativas, nomeando sete administradores regionais.

Segundo Júlio Miragaya, presidente da Codeplan, o objetivo do estudo foi exatamente o de propiciar um maior conhecimento sobre essas Unidades visando à uma racionalização da gestão administrativa.

Miragaya destacou que o mesmo quadro de desigualdade do território do DF quando se apresenta as 31 Regiões Administrativas é o mesmo que se observa quando se analisa as sete Unidades de Planejamento.

O estudo foi realizado com base nas informações coletadas pela Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios do Distrito Federal – 2013 e traz informações básicas sobre população, renda e ocupação para as sete UPT, categorizadas por sua posição geográfica: Central (Plano Piloto, Sudoeste / Octogonal, Cruzeiro e Candangolândia), Central-Adjacente 1 (Lago Sul, Lago Norte, Park Way e Varjão), Central-Adjacente 2 (Guará, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo, Águas Claras, Vicente Pires, SAI e Estrutural), Oeste (Taguatinga, Samambaia, Ceilândia e Brazlândia), Sul (Gama, Santa Maria, Recanto das Emas e Riacho Fundo II), Leste (Paranoá, Itapoã, São Sebastião e Jardim Botânico) e Norte (Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Planaltina). Destas, a mais populosa é a Oeste, com cerca de 960 mil habitantes, correspondendo a pouco mais de 1/3 do total do Distrito Federal e a menos populosa é a Central Adjacente 1.

Em relação à renda domiciliar mensal per capita, observa-se que a que apresenta valor mais elevado é a Central-Adjacente 1, de R$ 4.743,34, em face da presença de três das cinco Regiões Administrativas de maior renda per capita: Lago Sul, Lago Norte e Park Way.

Devido ao excepcional peso do Plano Piloto na geração de emprego, a Central responde por quase a metade dos postos de trabalho, ou seja, 47,66% ou 555,6 mil postos de trabalho. Destes, 513,8 mil estão no Plano Piloto. 

Veja o estudo aqui.

Texto: Nilva Rios
Foto: Mauro Moncaio 

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br